Quando você começa a pensar em montar uma loja virtual, várias dúvidas surgem na sua cabeça. Mas por incrível que pareça, a grande maioria das pessoas nem pensa no mais básico: como receber esse dinheiro. 

Muita gente, inclusive, nem sabe que existem opções além do pagseguro, paypal e mercado pago. 

Mas, caso você já tenha saido dessa fase e esteja procurando as melhores opções quando o assunto são os intermediadores de pagamento e os gateways, fique tranquilo, nós vamos te ajudar. 

O que são gateways de pagamento

O gateway de pagamento vai conectar a sua loja com as instituições de pagamento, no caso os bancos e outras instituições financeiras. Através de um gateway de pagamento você vai poder oferecer as mais diversas formas de pagamento: debito, crédito, boleto bancário, pix, internet banking, etc. 

Na prática ele funciona como se você tivesse uma maquininha de cartão de crédito virtual instalada no seu site. 

O problema é que como é tudo feito diretamente no seu site, você precisa ter uma atenção redobrada com a segurança dos dados dos clientes e também com as possíveis fraudes. 

Um dos motivos que mais faz com que as pessoas optem por um gateway de pagamento é que o cliente finaliza a compra direto no seu site, sem a necessidade de ser redirecionado para isso. 

Para ficar mais fácil, seguem algumas empresas de gateway de pagamento: Mundipagg (que é da Stone), Yapay (que é da Localweb).  

O que são intermediadores de pagamento

Os intermediadores de pagamento são os mais conhecidos do público em geral, por exemplo o mercado pago, o paypal e o pagseguro. 

Apesar de serem muito seguros, algumas pessoas relatam que ao migrarem para um gateway de pagamento consegue aumentar a sua conversão em vendas, já que os usuários não precisam mais sair do seu site e irem até outra página para realizarem o pagamento. 

Mas, ao mesmo tempo, diversos outros clientes também já conhecem e confiam nesses intermediadores de pagamento, fazendo com que eles também passem uma segurança extra na hora da compra. 

Além disso, também tem alguns intermediadores que oferecem a opção de você oferecer o checkout transparente, que é quando o pagamento é feito diretamente no seu site, sem precisar ser redirecionado. 

Outro ponto em relação aos intermediadores de pagamento são as taxas. Quando você tem um alto volume de vendas, ao trabalhar com Gateways de pagamento, você consegue negociar as taxas pagas diretamente com os bancos e operadoras de cartão de crédito. 

Já quando você utiliza um intermediador, você não tem essa possibilidade e sempre vai pagar as taxas que eles cobrem, independente de quanto você vende, As taxas dos intermediadores fica em torno de 5% para recebimentos rápidos (que varia em 1 dia no paypal  para prestadores de serviço para 15 dias no pagseguro). Já os pagamentos a longo prazo (30 dias) possuem taxas um pouco menores, em torno de 4%, mas só funciona bem para quem já tem um fluxo de caixa e pode ficar sem receber o dinheiro por 30 dias. 

Como definir qual é a melhor opção para minha loja

Existem muitos fatores a serem levados em consideração, como por exemplo o seu volume de vendas mensal. Muitos gateways de pagamento nem mesmo aceitam clientes que vendem menos do que R$50.000,00 mensais, o que pode ser muita coisa para quem está começando. 

Outro ponto é a questão da segurança. Com um gateway de pagamento você também vai precisar se preocupar se a sua loja está 100% segura, oferecer selos de segurança que vão muito além do certificado SSL e também vai precisar se preocupar em ter algum funcionário ou parceiro da área de T.I. para realizar toda a integração e também as atualizações que possam ser necessárias. 

Acaba compensando somente para lojistas maiores, que já tem uma certa estrutura, que têm um alto valor de vendas para poder negociar as melhores taxas e fazer valer todo esse esforço. 

Já os integradores de pagamento são bem mais simples e provavelmente o desenvolvedor da sua loja virtual conseguirá fazer pra você sem maiores dificuldades e sem necessidade de equipe especializada dentro da sua empresa. 

Além disso, vários clientes já têm contas nessas plataformas, e os clientes que já estão acostumados a fazer compras em lojas virtuais também já estão habituados a serem redirecionados para um intermediador de pagamento como o pagseguro ou o mercado pago, por exemplo. 

É comum alguns clientes nossos relatarem que começaram a trabalhar com um intermediador de pagamento X e o cliente entrou em contato pedindo para pagar com outro intermediador de pagamento que ele conhece ou já tem conta, por isso é válido colocar vários intermediadores de pagamento na sua loja, já que todos eles têm suas vantagens e desvantagens e com certeza os seus clientes sempre têm um preferido. 

A importância de contar com um suporte especializado

Se mesmo depois dessas informações você ainda continua em dúvida sobre qual é a melhor opção para você, não se preocupe! Aqui na Alpix nós temos a melhor equipe para tirar todas as suas dúvidas, criar e prestar suporte para sua loja virtual da melhor forma possível! 

Não oferecemos soluções prontas, sempre pensamos nas necessidades dos nossos clientes e no que faz mais sentido para cada uma das situações, sem querer empurrar soluções mais caras ou que não sejam verdadeiramente úteis. 

Somente quando você conta com um suporte especializado, que não tem parceria com nenhum dos dois lados (nem com os gateways nem com os intermediadores) você consegue encontrar a melhor solução para você, que realmente se adeque as suas necessidades e que vai te possibilitar crescer de forma tranquila e segura, cuidando do que é mais importante pra você: seus produtos e seus clientes! 

Você já sabia a diferença entre os gateways e os intermediadores de pagamento? Qual das duas soluções você usa na sua loja? Ficou com alguma dúvida? Deixe um comentário abaixo que nós responderemos assim que possível! 

Endereço: Av. Paulista, 171, Andar 4, São Paulo – SP - Apenas correspondência

CNPJ: 35.810.898/0001-48